x

Menu

Navegue por todo o site e encontre tudo que você precisa de maneira rápida e simples!

2 de 3
Carregando slider Carregando imagens

Centro de Memória Digital da AFPESP

  • Você está aqui: Home / CMDA AFPESP
AFPESP
AFPESP
Carregando slider
x

Menu

Navegue por todo o site e encontre tudo que você precisa de maneira rápida e simples!

1 de 6
x

Navegue pelas fases

Conheça as fases e saiba tudo que aconteceu nesse período

5 de 6
x

Navegue pelas fases

Conheça as fases e saiba tudo que aconteceu nesses período

6 de 6

Era do Desenvolvimento

Fase 2
1950 | 1979
1951

Iamspe: o plano de saúde dos servidores

Após incansável atuação da AFPESP, o governador de São Paulo, Lucas Nogueira Garcez, instituiu a Resolução nº 289, de 25 de abril de 1951, que integrou o então presidente de AFPESP, José de Araújo Luso Junior, na primeira Comissão de Assistência Médica e Hospitalar do estado de São Paulo, a qual funcionou junto ao Instituto de Previdência do Estado.

No dia 9 de agosto, os membros da comissão apresentaram ao governador os primeiros estudos de elaboração de um atendimento de assistência médica de qualidade aos servidores públicos. Na sequência, o assunto foi debatido na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) e, em abril do ano seguinte, a comissão já estava visitando o terreno destinado à instalação do Hospital do Servidor Público Estadual (HSPE).

Outra conquista dos servidores públicos, para a qual a participação da AFPESP se mostrou determinante, foi a promulgação da Lei nº 1856, de 28 de outubro de 1952, que criou o Departamento de Assistência Médica do Servidor Público (DAMSP), no Instituto de Previdência do Estado de São Paulo.

Apesar da constante diligência da AFPESP, a execução do HSPE enfrentou obstáculos, como a mudança na administração pública. No entanto, em janeiro de 1957, o assentamento da pedra fundamental da construção do hospital renovou a convicção de que os servidores teriam o aguardado serviço de atendimento médico, inclusive para seus dependentes. Nos anos seguintes, de 1958 a 1959, os associados da AFPESP puderam acompanhar registros fotográficos da evolução das obras nas edições do jornal “O Orientador”.

Quase uma década de luta da AFPESP em defesa dos interesses dos servidores públicos se deu até que, no dia 9 de julho de 1961, o HSPE foi inaugurado.

Compartilhe
Ler matéria completa

CBI: inauguração da sede própria

Inauguração do CBI – 05 de novembro de 1951

Depois de atravessar uma fase de dificuldades financeiras, a AFPESP recuperou o equilíbrio orçamentário e, sob a presidência de José Araújo Luso Júnior, adquiriu o 16º andar do Edifício C.B.I., na rua Formosa, 367, onde estabeleceu todos os seus departamentos. A inauguração dessa primeira Sede Social própria da AFPESP no 20º aniversário da entidade (5 de novembro de 1951) e contou com a presença de personalidades políticas e públicas da época.

Compartilhe
Ler matéria completa
1952

Construção e expansão da Colônia de Férias em Campos do Jordão

Mais um grande passo foi dado pela AFPESP, em 1952, com a fase embrionária da construção da Colônia de Férias em Campos do Jordão – que viria a ser uma das unidades de lazer mais concorridas e ampliadas ao longo da história da entidade.

Já em 1959 foi adquirida uma nova área de terra para um dessas ampliações. No dia 29 de abril de 1964, o embaixador José Carlos de Macedo Soares outorgou à AFPESP a escritura de doação da área onde foi erguido o parque infantil da unidade.

Vale ressaltar que, a unidade, localizada em Capivari, principal e movimentado centro comercial de Campos do Jordão, próximo a exuberantes bosques de matas virgens, é, atualmente, dividida em três blocos, compostos de salas de estar e TV, com lareira; sala de piano; quadra de tênis; sala de convenções e salão de jogos.

Compartilhe
Ler matéria completa
1960

Líder do Funcionalismo Público do Brasil

O então presidente da AFPESP, José de Araújo Luso Júnior , recebeu das mãos do presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek, o diploma “Líder do Funcionalismo Público do Brasil” por suas atuações constantes em relação às demandas da categoria dos servidores públicos.

Ler matéria completa
1961

AFPESP vence luta pelo direito a férias

Encabeçada há anos pela AFPESP, a luta pelo direito ao descanso remunerado de um mês foi vencida no dia 3 de fevereiro, quando a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo decretou a Lei 6.050, que passou a conceder 30 dias de férias aos funcionários públicos.

Ler matéria completa
1962

Representação político-associativa conquista jornada de trabalho de 5 dias

No dia 5 de setembro, durante reunião com o presidente da AFPESP, José de Araújo Luso Júnior, o então governador de São Paulo, Joaquim Sylos, assinou o decreto nº 40.684, que estabeleceu a jornada de trabalho semanal de cinco dias para o funcionalismo público, suprimindo o expediente aos sábados nas repartições públicas do estado de São Paulo.

Ler matéria completa
1968

Pedra fundamental Sede Social

A construção da atual Sede Social da AFPESP, localizada na rua Bittencourt Rodrigues, 117, no centro de São Paulo, tem início no dia 16 de maio, com o lançamento da pedra fundamental do edifício, então denominado “Lar do Funcionário”.

Ler matéria completa
1969

Clube de Campo e Náutica de Guarapiranga

O terreno para construção do Clube de Campo e Náutica de Guarapiranga, às margens da represa de mesmo nome, no extremo sul da capital paulista, foi adquirido pela AFPESP. Ao longo dos anos, a instalação passou por várias reformas e ampliações, além disso, piscinas, quiosques com churrasqueiras, praças de esportes e playgrounds foram construídos, propiciando um local de descanso, encontro e diversão para os associados. Entre 2017 e 2018, o clube foi inativado e, atualmente, não pertence à associação.

Ler matéria completa

Projeto de expansão das colônias de férias

A AFPESP iniciou, nesta década, uma fase de expansão, com estudos para a implantação de novas colônias de férias, ampliando a oferta de espaços de lazer, entretenimento e de serviços administrativos. Como parte desse movimento, no dia 5 de novembro de 1969 inaugurou sua primeira Colônia de Férias em Poços de Caldas, Minas Gerais.

Ler matéria completa
1970

AFPESP defende 13º salário para servidores

Durante os anos de 1970, um dos focos da representação político-associativa da AFPESP foi a batalha pelo pagamento do 13º salário (abono de Natal) aos quase 3 milhões de servidores públicos que trabalhavam nas esferas federal, estadual e municipal. A gratificação de Natal havia sido instituída por lei federal em 1962 para funcionários de empresas privadas.

Ler matéria completa
1971

1ª unidade regional da AFPESP

Projeto para descentralização da administração da AFPESP teve inicio com a inauguração, em agosto, da primeira delegacia regional da AFPESP em Campinas, que depois passaria a se intitular como unidade regional.

A partir deste feito, os serviços e benefícios oferecidos pela AFPESP ficam mais próximos do alcance dos associados do interior do estado de São Paulo.

Compartilhe
Ler matéria completa
1972

Funcionalismo público

O primeiro registro de participação da AFPESP em congressos e seminários voltados aos servidores públicos aconteceu neste ano. Inicialmente, esses eventos não foram idealizados pela associação, mas já contavam com o engajamento de diretores, conselheiros e de membros da presidência da AFPESP, o que acabou se mostrando decisivo para o desenvolvimento de temáticas em defesa dos direitos da classe.

Ler matéria completa

Colônia de Férias em Amparo

Em novembro, o então governador de São Paulo, Laudo Natel, assinou o Termo de Compromisso de Concessão de Uso pela AFPESP do Recanto de Férias do parque Turístico da Bocanina, em Amparo, que faz parte do Circuito das Águas.

A partir disso, a associação realizou obras que estavam paralisadas e, posteriormente, ofereceu mais uma unidade de lazer aos seus associados em um cenário naturalmente deslumbrante, onde, atualmente, é possível desfrutar da vivência rural em caminhadas ecológicas, trilhas personalizadas e passeios a cavalo. A unidade dispõe duas piscinas de água mineral, playground, salão de jogos, sala de carteado e de TV.

Compartilhe
Ler matéria completa
1975

Nova Sede Social – Palácio Luso Júnior

No dia 5 de novembro, a AFPESP inaugurou sua nova Sede Social com 11 andares, denominada Palácio Luso Júnior, em homenagem ao então presidente executivo, José de Araújo Luso Júnior, que na ocasião afirmou ser esta conquista: “a semente de uma ideia grandiosa”.

A solenidade foi presidida pelo então governador de São Paulo, Paulo Egydio Martins.
Em seu discurso ele ressaltou a importância da categoria, que só tinha a ganhar com a demonstração de força e garra da associação – na época, com 75 mil associados. Inúmeras outras personalidades do cenário político e social estiveram presentes naquele momento.

A construção do Palácio Luso Júnior teve início no dia 16 de maio de 1968, com o lançamento da pedra fundamental do edifício-sede, ocasião em que recebeu a bênção de Dom Ernesto de Paula, da Arquidiocese de São Paulo. O edifício que, ainda hoje, é símbolo da pujança e da determinação da entidade foi erguido com recursos
financeiros da própria AFPESP.

Ao longo de sua existência a Sede Social se estabelece como a casa do associado, onde eles se sentem como no próprio lar, têm suas necessidades atendidas pelas ofertas de lazer, entretenimento, práticas culturais e desportivas e prestações de serviços jurídicos, médicos, turísticos e sociais.

Compartilhe
Ler matéria completa
1977

Camping Estância de Lindóia

Localizado na cidade internacionalmente conhecida como “Capital Termal do País”, o Camping Estância de Lindoia foi entregue aos associados no dia 2 de julho. Lá os associados podiam desfrutar das fontes de águas radioativas, em local ideal para repouso e passeios ecológicos.

Ler matéria completa

Qual nota você dá ao Centro de Memória Digital da AFPESP?